Regimento Geral

Regimento Geral

O Regimento Geral da Faculdade Ideal Trends disciplina os aspectos de funcionamento que são comuns aos vários órgãos integrantes da estrutura e da administração da Faculdade Ideal Trends, quanto aos planos pedagógico, didático, científico, administrativo, comunitário e disciplinar, dos cursos nas modalidades de ensino presencial e a distância. Os aspectos específicos de cada órgão, unidade ou serviço são disciplinados por meio de seu próprio regulamento, sujeito à aprovação do órgão colegiado superior competente.

A Estrutura Organizacional e Administrativa da Faculdade Ideal Trends visa atender a legislação educacional vigente e os diferentes critérios para o cumprimento da sua visão, missão e valores.

A Mantenedora é responsável, perante o público, comunidade e autoridades públicas em geral, pela Faculdade Ideal Trends, incumbindo-lhe tomar todas as medidas necessárias ao seu bom funcionamento, respeitados, os limites da lei e do Regimento Geral, a liberdade acadêmica dos corpos docente e discente e a autoridade própria dos órgãos deliberativos e executivos da Faculdade. Cabe ao presidente da Mantenedora indicar o Diretor Geral da Mantida, definir sua orientação estratégica, visão e missão, supervisionar, por meio de indicadores, a sustentabilidade financeira e a qualidade do ensino, da pesquisa e da extensão.

Compete à Mantenedora promover os adequados meios de funcionamento das atividades da Faculdade, colocando-lhe à disposição os bens móveis e imóveis de seu patrimônio, ou de terceiros a ela cedidos e assegurando-lhes os suficientes recursos financeiros de custeio. À Mantenedora reserva-se a administração orçamentária da Faculdade, podendo delegá-la no todo ou em parte ao Diretor da Faculdade. Dependem da aprovação da Mantenedora as decisões dos órgãos colegiados que importem aumento de despesas. A Entidade Mantenedora da Faculdade Ideal Trends rege-se pelo seu Contrato Social. A Faculdade Ideal Trends, será regida pela Constituição Federal, pelas Normas Nacionais de Ensino Superior, e pelo Regimento Geral.

São órgãos da Faculdade Ideal Trends:

  1. Conselho Superior;
  2. Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão;
  3. Diretoria Geral;
  4. Diretoria Acadêmica;
  5. Diretoria Administrativa-Financeira
  6. Diretoria de Tecnologia da Informação e Infraestrutura 
  7. Coordenação Acadêmica de Educação a Distância
  8. Coordenação de Cursos
  9. Secretaria Geral
  10. Biblioteca
  11. Colegiado de Curso
  12. Núcleo Docente Estruturante
  13. Órgãos de Apoio às Atividades Acadêmico-administrativas 
  14. Coordenação Administrativa de Polo de Apoio Presencial 
  15. Comissão Própria de Avaliação – CPA.

A Diretoria Geral, exercida pelo Diretor Geral indicado pela Mantenedora, é o órgão executivo da Administração Superior que superintende, coordena e supervisiona todas as atividades da Faculdade. O Diretor Geral é assessorado pelas Diretorias Acadêmica, Administrativa -Financeira e de Tecnologia da Informação e Infraestrutura por ele indicados, com aprovação da Mantenedora.

Compõem os Colegiados Superiores da Faculdade: o Conselho Superior (CONSU) e o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CONSEPE). O CONSU é o órgão máximo da Faculdade, de natureza normativa, deliberativa e consultiva. Sua composição e competências constam no Regimento Geral da Faculdade.

O CONSEPE é o órgão de natureza normativa, consultiva e deliberativa e destina-se a orientar, coordenar e supervisionar as atividades de ensino, pesquisa e extensão. Sua constituição e competências constam, também, no Regimento Geral da Faculdade.

Ao Conselho Superior (CONSU) e ao Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CONSEPE) aplicam-se as seguintes normas:

  1. Os colegiados superiores funcionam com a presença da maioria absoluta de seus membros e decide com maioria simples, salvo nos casos previstos no Regimento Geral;
  2. Todos os seus membros têm direito a voz e voto, cabendo ao Presidente o voto de qualidade;
  3. As reuniões que não se realizem em datas pré-fixadas, no calendário acadêmico, são convocadas com antecedência mínima de quarenta e oito horas, salvo em caso de urgência, constando da convocação a pauta dos assuntos;
  4. As reuniões de caráter solene são públicas e funcionam com qualquer número;
  5. Das reuniões é lavrada ata, lida e assinada na mesma reunião ou na seguinte; 
  6. É obrigatório e tem preferência sobre qualquer outra atividade o comparecimento dos membros às reuniões dos colegiados.
  7. Os colegiados superiores garantem a participação do corpo docente, discente e técnico administrativo.

O Conselho Superior (CONSU), órgão máximo deliberativo em matéria administrativa, didático-científica e disciplinar, é constituído:

  1. Pelo Diretor(a) Geral, seu presidente;
  2. Pelo Diretor(a) Acadêmica(o);
  3. Pelo Diretor(a) Administrativo(a)-financeiro(a);
  4. Pelo Diretor(a) de Tecnologia da Informação e Infraestrutura
  5. Pela Coordenação Acadêmica da Educação a Distância;
  6. Por 1 (um) representante da Coordenação de Curso; VII – Pela Secretaria Geral;
  7. Por 1 (um) representante do Corpo Docente;
  8. Por um representante do Corpo técnico-administrativo X – Por 1 (um) representante do Corpo Discente;
  9. Por 1 (um) representante da Comunidade; 
  10. Por 1 (um) representante da Mantenedora.

O representante relativo ao inciso VIII e IX será indicado por seus pares, com mandado de 1 (um) ano, podendo ser reconduzido.

O representante relativo ao inciso X será indicado pelo órgão de representação estudantil, eleito na forma da legislação vigente, com mandato de 1 (um) ano, podendo ser reconduzido. O representante do inciso XI será indicado pelo Diretor(a) Geral, dentre os integrantes de entidades representativas da comunidade, credenciadas pela FTRENDS. O representante da Mantenedora será por ela indicado. 

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CONSEPE), órgão deliberativo de coordenação e assessoramento em matéria didático- científica e administrativa, é constituído pelos seguintes membros:

  1. Pelo Diretor Geral;
  2. Pelo Diretor(a) Acadêmica(o);
  3. Pela Coordenação Acadêmica de Educação a Distância IV – Pelo(a) Secretário(a) Geral;
  4. Pela Coordenação dos cursos, eleito por seus pares;
  5. Por um representante do Corpo Docente, eleito por seus pares; 
  6. Por um representante do Corpo Discente, eleito por seus pares.

O mandato do representante indicado no inciso V é de 2 (dois) anos, podendo ser reconduzido. O mandato do representante discente é de 1 (um) ano, sem direito a recondução. Os órgãos colegiados superiores poderão contar com Comissões Permanentes, e uma secretaria, cujas atribuições serão definidas em regulamento próprio aprovado pelo CONSU.

O Colegiado de Curso é constituído pelos seguintes membros:

  1. Coordenador do Curso
  2. Por quatro representantes do Corpo Docente;
  3. Por dois representantes do Corpo Discente, indicado por seus pares.

O Núcleo Docente Estruturante – NDE é o órgão responsável pela criação, alteração, implantação e consolidação do Projeto Pedagógico do Curso de graduação, nas modalidades presencial e a distância.

O Núcleo Docente Estruturante – NDE, presidido pelo Coordenador de Curso, é constituído por docentes do curso, de acordo com os conceitos estabelecidos nos instrumentos de avaliação externa. Os integrantes do Núcleo Docente Estruturante – NDE são indicados pelo Coordenador de Curso, nomeados e empossados pelo CONSEPE.

Pular para o conteúdo